Conheça os modelos mais populares de válvulas

Componente essencial para os segmentos industriais

As válvulas são dispositivos que tem como finalidade regular o fluxo de um fluido que pode ser em forma de gases ou líquidos, como óleos, água e outros materiais. A válvula abre e fecha, controla a entrada e saída de fluxo. Vários equipamentos presentes no mercado atual necessitam do uso de válvulas, para o monitoramento de mudanças de temperaturas e fluxos.

Cada válvula possui característica peculiar, embora algumas sejam semelhantes. Acompanhe a seguir alguns modelos e suas funções:

  1. Válvula agulha: São projetadas com agulha de metal e na maioria das vezes são produzidas em aço inoxidável, bronze ou outras ligas de aço. Presentes em todos os setores industriais, com uma variação de aplicações. Na indústria aeroespacial ela é usada para controle de instrumentação e de resfriamento para geração de energia;
  2. Válvula Borboleta: Pode ser usada em diversas situações, como controle de fluidos ou isolamento total da passagem de fluxos, semelhante a válvula esfera. Usada em sistemas de pressão, ganha destaque para o seu desempenho em equipamentos de combate a incêndios por terem um dispositivo de desligamento rápido e eficaz. Um dos outros pontos positivos desta válvula é o seu custo menor do que os outros modelos de válvulas;
  3. Válvula de Ar: Sua principal função é reter o ar que passa através das canaletas junto com a água, gerando uma economia simbólica de água. Bastante utilizada em construções civis, afixada em cavaletes junto aos hidrômetros, controlando a entrada de ar e fazendo com que a água flua normalmente pelas canaletas;
  4. Válvula de Bloqueio: É um dispositivo importante para o funcionamento pleno das tubulações, obstruindo e controlando o escoamento de todos os tipos de fluidos nas tubulações e cavaletes, como gases, vapores, óleo e sistema hidráulico. Sendo subdividida em diversos modelos como válvula de retenção, válvula de duas vias e válvula de proteção de ruptura de linha;
  5. Válvula de Fluxo Anular: Possuem diversos tipos de acionamento como o manual, pneumático, mecânico e hidráulico, variando de acordo com a maneira que serão utilizadas e da necessidade de manuseio do dispositivo. Projetada para o controle hidráulico, para controlar o nível da água e vazão, reduzindo ou aumentando a pressão;
  6. Válvula de Pé: Afixada próxima à tubulação de sucção, comporta somente a passagem do fluxo em sentido único, o ascendente. Bastante usada na indústria química para controle de fluxos. Leve e resistente, perfeita para economizar energia em bombas de sucção, desenvolvida para evitar o contra-fluxo em caso de manutenção ou vazão;
  7. Válvula Esfera: Rotativa e usada em instalações industriais, amplamente utilizada em sistemas de tratamento de fluidos para o controle de fluxo, ideal para aplicações corrosivas. Podendo ser empregada em indústrias farmacêuticas, químicas, de borracha, papel e celulose, sistemas de tratamento de água, tecelagens e fábricas de processamento alimentício;
  8. Válvula de Gaveta: Conhecidas também como registro de gaveta, são usadas em instalações industriais e podem ser encontradas em aplicações domésticas. Produzidas em ferro fundido, aço inox, bronze e outras ligas de metais. Desenvolvidas e projetadas para uso sanitário, trabalham em temperaturas que não ultrapassem os 60°C;
  9. Válvula Globo: Usada em gasodutos para o controle de fluxo e fluidos mais viscosos, como o óleo. Indicada para bloqueio, comando, dosagem e controle, possui corpo esférico, separado apenas por um defletor, podendo encontrar válvulas automatizadas que possuem hastes deslizantes;
  10. Válvula Injetora: Ferramenta importante nos sistemas eletrônicos de injeção de combustível, na forma de jatos pulverizados, direcionados no duto de admissão do motor, propiciam melhor desempenho dos motores, diminuindo consideravelmente os índices de emissão de poluentes;
  11. Válvula Pistão: Impede o contra fluxo de fluidos, após a passagem pela tubulação não permitindo o retorno do fluido, evitando alagamentos;
  12. Válvula Solenoide: São usadas na alimentação de fluido pneumático e sistemas hidráulicos, para o controle de cilindros. Específica para controle de escoamento de líquidos ou gases, sendo uma das ferramentas mais usadas em controle de fluxo, proporcionando comutação rápida e segura, além da alta durabilidade e compatibilidade com outros materiais.

As válvulas são componentes de equipamentos muitos importantes para as indústrias, correspondentes de 5 a 10% das despesas do setor de produção. As principais indústrias de processo que são usuárias das válvulas estão nas categorias: fabricantes de processo (química, refino de petróleo, alimentos e bebidas, papel e celulose, entre outras), indústrias de recursos (petróleo bruto, gás natural e mineração) e serviços de utilidade pública (eletricidade, gás, água, esgoto e saneamento). Além de outros setores como construção naval e siderúrgicas.